sexta-feira, 25 de abril de 2008

Questão de percepção.


-Ei, sinhora. Qué que eu limpe as janela do carro pr'ocê?
Adriana segurou-se para não ser mal-educada. Não se importava em ser abordada por um flanelinha na rua, mas erros de concordância gramatical numa frase a irritavam profundamente.
-Gostaria que você as limpasse sim, obrigada. Mas posso lhe chamar atenção numa coisa?
-Que quié?
-"Quer" é verbo no infinitivo, terminado em "er", e o "erre" deve ser pronunciado conforme as formalidades da nossa língua, o português, sabe? Você também deve ficar atento quanto ao uso do plural. Deve colocar o "esse" no artigo e no substantivo, para ficar certo, entende? Senão não há concordância! Outra coisa, é extremamente mal visto o uso de "ocê"; quando se mistura com o "pra", então... Olha, a pronúncia é tão importante quanto a escrita. Para causar uma boa impressão, é imprescindível falar bem e corretamente. Juntar palavras precipitadamente, cortar letras, ou a falta de atenção com a concordância em uma frase são erros gramaticais terríveis, mas que podem ser consertados com um pouco de esforço.
O flanelinha olhava para Adriana perplexo, mas parecia não ter absorvido nem metade do que ela havia dito.
-Muito obrigado, senhora - Disse ele tentando não errar - Será que você...
Adriana o interrompeu.
-Se te desculpo?! Mas é claro que sim! Afinal, sei bem que a culpa não é sua, e sim da falta de escolas públicas de qualidade nesse nosso país...
-Muito bunito isso. Mas eu ia é preguntá si ocê pudia me arranjá cumida. To com uma fome...

3 comentários:

Juliana disse...

Adorei! :d Foi você que escreveu??

MORRENDO DE SAUDADES "DOCÊ" ;P

:***(L)

Micael disse...

Quem diria ó. Nunca mais pode reclamar na vida de mim. =p

DiRenan disse...

Muito bom, muito bom mesmo!
Desculpe-me mas peguei esta foto para ilustrar uma crônica do meu blog viu?